quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Vida de Desempregada @1

É a vida mais inútil em que me consigo imaginar! Estou desempregada desde Agosto, aquele mês longínquo, há duas semanas atrás e estou a começar a dar em louca.
Entendi, pelo menos para já, que deveria levantar-me cedo, para não ficar as noites inteiras a ver séries, sim porque eu facilmente cairia nessa tentação, e tornar a procura de emprego a minha profissão. Mas a verdade é que envio emails, respondo a anúncios e tento me distrair, mas Nadinha, e depois ninguém me atura. Também não tenho obtido grandes respostas, nem grandes nem pequenas...nenhumas! Consigo ser ainda mais bruta com quase todas as pessoas(basicamente a mãe, várias vezes ao dia) que me telefonam e perguntam: Atão? E, lá respondo eu: Pois, na mesma! 
Sei que só passou duas semanas e que é pouco tempo, blá, blá, blá, mas não consigo parar de pensar e se eu nunca conseguir um trabalho. 
Prontos, para verem o meu estado de desespero e depois de ter lido todos os livros que existiam cá em casa (e já encomendei outros a amigas!), vou começar a fazer desporto, Euzinha, que nunca corri para um comboiozinho que seja,  vou fazer uma corrida (talvez o termo seja corridar, mistura de corrida e andar) aqui na nova pista da terra!
Vale tudo para me distrair!

3 comentários:

  1. Não vale a pena o desespero! Compreendo que não deve ser fácil mas a verdade é que... só passaram duas semanas :) Podiam ser umas férias... as coisas vão endireitar-se, vais ver! E para melhorar ainda vais levar hábitos saudáveis como essas corridas ;) Boa sorte!

    ResponderEliminar
  2. Concordo com a Cat: ainda só passaram dois meses, não se angustie. Aproveite para fazer coisas que empregada nunca conseguiria por ter as horas ocupadas e não pense muito no assunto, para já... E pensa você: olha esta a ensinar o padre nosso ao papa. Um beijinho.

    ResponderEliminar

Deitem cá para fora as vossas opiniões!!