quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Dia de São Valentim

Detesto o dia de São Valentim! Ok, não detesto de todo, mas é-me indiferente. É-me tão importante como um feriado qualquer judaíco ou o thanksgiving. Tenho para mim, há muitos anos, que o dia de São Valentim é uma maneira de as pessoas gastarem dinheiro. Já passou mais de um mês do natal, nada como outra época festiva para se abrir os cordões à bolsa. É que é o presentinho para ela e ele, o jantar fora - sim, não se leva a mais que tudo ou o mais que tudo a uma tasca - e a bela das flores! Euzinha, me, confesso sou um calhau com pernas, um monstro sem coração e abomino tudo isto. Não compro presente, nem ofereço, porque não me apetece andar à procura de alguma coisa ou dar só por dar. E, como o romantismo não habita em mim, uma lingerie para estrear nessa noite, raramente tenho! Também, não ponho um pézinho em nenhum restaurante na noite de São Valentim. Já fui algumas vezes, sim senhora, e acho que foi das noites em que piore jantei. A comida é, sempre, muito sem sal ou, então, estupidamente cara. E, os ramos de flores, sim essa pequena maravilha que fica murcha passado uns dias!? Gosto bem mais de uma planta ou de uma flor, cá esses montes de rosas. Acho que só recebi um bouquet de rosas e devo ter feito uma cara que nunca mais me apareceu tal coisa à frente. Já recebi ananáses, uma couve, um cacto, umas túlipas, não sei quantas orquideas - que matei todas- mas nem mais uma rosinha me apareceu! Portanto, para mim na próxima sexta é só mais uma sexta!! Qual Valentine's - ainda por cima em Inglês fica bem melhor- qual quê!!!

1 comentário:

  1. Hhaha ananáses e couves?! Bem pelo menos era original ahaha :p

    ResponderEliminar

Deitem cá para fora as vossas opiniões!!